UFC 117 – Jiu-Jitsu salva Anderson Silva


  

Anerson mantem o cinturão. Foto: Divulgação

 

Marcado pelo confronto Brasil vs Estados Unidos, o UFC 117 levou ao octagon grandes nomes da luta mundial. Um confronto em especial chamava a atenção: Anderson Silva colocara seu cinturão em disputa contra o “falastrão”Chael Sonnem. Durante os meses que se passaram o americano ofendeu Anderson, os Irmãos Nogueira e até mesmo os brasileiros. 

Quando o confronto teve início, Sonnem partiu para cima atropelando Anderson Silva. Com uma boa seqüência de golpes, conseguiu aplicar um knockdown no “aranha”. Dali para frente o que presenciamos foi um Anderson apático, que se deixava derrubar com facilidade pelo americano e quando conseguia colocar seu adversário na guarda, não o atacava. 

Brasileiros pensavam que a luta estava comprada e desconfiavam da “honestidade” da organização americana, quando no último round Anderson Silva, que havia entrado no octagon com sua faixa preta de Jiu-Jítsu, encaixou um triângulo em Sonnen o forçando a bater. 

Após finalizar seu adversário, Anderson declarou que havia lutado com a costela trincada e que os médicos pediram que ele não lutasse. O brazuca deve voltar ao octagon no próximo ano, segundo seu treinador de Jiu-Jitsu Ramon Lemos. 

No duelo entre países, os americanos levaram a melhor vencendo por 3X2, para conferir o desempenho de nossos atletas assista aos vídeos.  

UFC 117 – Oakland, Califórnia, Estados Unidos
Sábado, 7 de agosto de 2010

Card principal:
– Anderson Silva finalizou Chael Sonnen com um triângulo no aos 3min5s do R5; (Veja aqui)
– Matt Hughes derrotou Ricardo “Cachorrão” Almeida Aos 3min15s do R1;(Veja aqui)
– Clay Guida derrotou Rafael dos Anjos por TKO a 1min51s do 3R;
– Jon Fitch derrotou Thiago “Pitbull” Alves na decisão unânime dos juizes;(Veja aqui)
– Junior “Cigano” dos Santos derrotou Roy Nelson na decisão unânime dos juizes;(Veja aqui)

Card preliminar:
– Tim Boetsch derrotou Todd Brown na decisão unânime dos juízes;
– Phil Davis derrotou Rodney Wallace na decisão unânime dos juízes;
– Rick Story nocauteou Dustin Hazelett aos 1min15s do R2;
– Dennis Hallman derrotou Ben Sauders na decisão unânime dos juízes;
– Johny Hendricks nocauteou Charlie Brenneman aos 40s do R2;
– Stefan Struve nocauteou Christian Morecraft aos 22s do R2.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: